Postagens

Mostrando postagens de Abril, 2014

Alongamento só machuca quem exagera

Quando o californiano e profissional de Educação Física, Bob Anderson lançou a primeira edição de seu livro sobre alongamento, a febre das academias e do culto ao corpo estava só começando. O ano era 1975.

A obra virou best-seller, com mais de 3 milhões de cópias vendidas no mundo. No Brasil, a bíblia do estica-e-puxa teve 24 reimpressões. A edição lançada agora --"Alongue-se" (Summus, 240 págs., R$ 90)-- celebra 30 anos da primeira publicação no país.

Nos últimos anos, pesquisas e especialistas têm questionado alguns dos benefícios creditados ao alongamento.

É claro que na avaliação de Anderson, 68, a prática sempre faz bem. Problemas como lesões, diz ele, não são causados pela técnica em si, mas pela forma com que as pessoas passaram a fazer esses exercícios: como uma competição, esticando músculos além do limite da dor e criando tensões.

O professor também explica que muitas pessoas têm o hábito de sustentar o alongamento de cada músculo por tempo demais. Ele …